Acompanhando 2

Não resistir e fui da uma conferida em Angel Eyes mesmo sem nenhum fansub ainda se dispor a legendar (parece que o Meteor dramas vai pegar o projeto- TOMARA!), então fui no VIKI.COM, mas como la não

nos damos bem, logo desistir (to começando a achar que esse site tem algo contra essa pessoa), mas depois (o vicio em doramas fala bem mais alto) fui atras do novíssimo Dramafever em português! Coisa mais linda! E o resultado:

ME APAIXONEI!

Como esperado achei bem dramático mesmo, temos a morte de pessoas importantes para os nossos protagonistas bem no começo, muito choro, muito drama, uma garota cega etc. Mas ainda sim, achei esse primeiro episodio tao doce, tao fofo, romântico, leve, coisa de primeiro amor mesmo! E a versão jovem do casal principal me fez grudar na tela em cada cena, se saíram super bem em questão de química e de atuação!

Kang Ha Neul deu show, mostrou um garoto leve, de bem com a vida, e fofo (muito fofo) e que se apaixona por uma garota que ele só conhecia de vista, a  Yoo So Wan quanto a ela, me surpreendi, não vi uma garotinha fraca e indefesa pela situação, ao contrario, foi legal ver uma personagem feminina forte e independente mesmo com aquelas circunstancias em que vive, (e ela ate deu o primeiro beijo! Gente isso e muito raro!!!) Sinceramente, espero que na versão adulta, a Ku Hey Sun consiga transmitir essa força que eu vi nessa outra atriz!

Então, a surpresa foi excelente, agora já posso terminar de acompanhar sem medo o desenrolar dessa estoria. Agora, já sinto de antemão falta do Kang Ha Neul na outra fase, ele é muito amor!!! casa comigo Ha Neul!

 

 

Outro que eu acabei começando a acompanhar (mais um na minha interminável lista) foi  “Cunning Single Lady” com a linda e maravilhosa Lee Min Jung. Comecei principalmente por uma amiga esta acompanhando e adorando a comedia romântica entre um casal divorciado que viviam na maior pindaíba, dai, não aguentando a situação a mulher (Lee Min Jung) acaba pedindo o divorcio, o que ela não esperava é que anos depois o ex (gatissimo por sinal) vira o maior ricaço!

Achei a ideia geral do drama muito parecida com o Emergencial Couple, aquela estoria onde o casal já se conhece, já tem um passado, e depois se reencontram e o amor reacende e blá blá blá, sera que temos uma tendencia nos dramas para esse ano?

Enfim, sendo uma comedia romântica, achei a ideia muito boa, porem, depois de acompanhar não sinto tanto amor pela estoria, isso por um motivo essencial: não gosto das atitudes da mocinha! Ela é uma mistura de lados positivos e negativos, que não se completam, mas se contradizem. Primeiro, ela é trabalhadora, boa moça, coração de ouro, mas volta a se interessar pelo marido e a perseguir ele só pelo fato dele ter virado rico! Isso ta com muita cara de puro interesse! Fora o fato dela ter terminado com ele só por quer ela trabalhava e ele ainda não tinha ganhando um bom dinheiro com seu negocio.  Que preguiça é essa garota????? Tem até uma frase que ele diz e que me fez desgostar mais ainda dela, algo como “nos não íamos nos amar na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza?” quer frase mais emblemática que essa?

Soma-se a isso o fato dela ser muito destrambelhada, aquele tipico personagem que cai em tudo que é armadilha, bobona e ainda por cima não tem orgulho próprio, ai é pra acabar de vez!

Sinceramente acho que houve um erro serio na hora de desenvolver a estoria de amor do inicio do casal e o do por quer eles terem se separado e tal algo como um vilão que arma pra cima deles e faz com que eles passem a se odiar para mais tarde descobrirem que tudo não passou de uma armação etc… Sei la, acho que algo assim seria mais fácil de engolir.

Assim, continuo acompanhando Cunning Single Lady com olhos desconfiados, espero que o conceito melhore mais!

Anúncios